Firewall: o que é e como funciona a “parede de fogo”

A tradução literal de Firewall, “parede de fogo”, já passa uma ideia do que vou falar hoje. E a palavra é cada vez mais comum por causa do aumento da preocupação com segurança digital.

Mas você sabe o que é e o que faz exatamente essa espécie de barreira de proteção? Confira este post até o fim e descubra!

No ambiente da computação, o Firewall é uma das opções de segurança mais importantes. Afinal, mesmo que não tem muita intimidade com a tecnologia sabe que a internet não é um território livre de perigos.

Por isso, é essencial conhecer e, principalmente, utilizar recursos de defesa de máquinas e redes.

Assim os Firewalls estão na linha de frente da segurança de rede há cerca de 25 anos, bloqueando o acesso a conteúdo malicioso sem impedir o trânsito dos dados que precisam fluir.

Dessa forma, basicamente, o Firewall tem como tarefa coibir o tráfego indesejado de dados e liberar acessos bem-vindos.E pode ser um hardware, software ou ambos, sendo a solução em software a mais comum.

Então Como o Firewall atua? A partir de uma série de regras ou instruções de segurança, avalia o tráfego de rede para decidir que operações de transmissão ou recepção de informações podem ser executadas.

Existem vários tipos de Firewalls. Veja a seguir…

Firewall O que é?

Tipos de Firewall

  • Firewall com inspeção de estado – é o “tradicional”, e permite ou bloqueia o tráfego de acordo com o estado, a porta e o protocolo monitora toda a atividade, do instante de abertura da conexão até seu fechamento.

Nesta modalidade, o administrador decide como faz a filtragem, seguindo suas regras e contexto.

  • Gerenciamento unificado de ameaças (UTM) – em geral, um dispositivo UTM junta, de forma flexível, o papel de Firewall com inspeção de estado e resguardo contra intrusos e vírus.

Às vezes, inclui serviços adicionais, entre eles o gerenciamento em nuvem.Suas características principais são simplicidade e facilidade de uso.

  • Proxy – é uma das primeiras categorias de Firewall, trabalhando como a passagem de uma rede para outra de uma determinada aplicação.

Assim sendo pode oferecer recursos extras, tais como o armazenamento em cache e a segurança de conteúdo ao deter conexões diretas de fora da rede.

  • Próxima geração (NGFW) – é a evolução para além da filtragem de pacotes e verificação stateful; bloqueia ameaças modernas (malware avançado) e protege a camada da aplicação.

Para terminar…

Em inglês, Firewall é o nome de portas antichamas usadas nos acessos às escadarias de edifícios.

Na informática, os Firewalls são aplicativos ou equipamentos que ficam entre um link de comunicação e um computador, conferindo e filtrando todos os dados.

Eles servem tanto para empresas quanto para residências, protegendo não somente a integridade das informações, mas também sua confidencialidade.

Hoje, você conheceu melhor o conceito de Firewall, além dos tipos mais utilizados destas soluções imprescindíveis atualmente.

Então como cuida da segurança digital dos seus dados, sistemas e máquinas? Como anda o monitoramentogeral da sua TI? Saiba mais sobre o assunto conferindo este post.

Até a próxima!

Equipe NOTO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *